Notícias

Frente Parlamentar em Defesa do Setor Sucroenergético foi lançada na Assembleia Legislativa

Com o objetivo de dar continuidade e fortalecer o movimento dos produtores e trabalhadores do setor sucroenergético, insatisfeitos com os rumos da crise que já fechou mais de 40 usinas e extinguiu mais de 100 mil postos de trabalho, foi lançada oficialmente no dia 3 de outubro de 2013, às 15h, na Assembleia Legislativa, a Frente Parlamentar em Defesa do Setor Sucroenergético. Ao lado do deputado estadual Welson Gasparini (PSDB), o deputado que representa a região de Piracicaba, Roberto Morais (PPS), é autor e coordenador da Frente.

“Fizemos questão de agir e envolver a Assembleia Legislativa em razão da força política do Estado de São Paulo. Essa iniciativa reafirma nosso apoio aos produtores que sofrem com a falta de políticas públicas e com o descaso do governo federal em relação ao melhor e mais bem sucedido projeto de produção de energias limpas e renováveis do planeta”, afirmou o deputado estadual Roberto Morais.

O movimento teve início no último dia 2 de agosto em Piracicaba, onde aproximadamente 300 produtores de cana-de-açúcar realizaram o primeiro protesto na Coplacana. O segundo ato reuniu mais de 700 pessoas em Sertãozinho, no dia 30 de agosto. Para o presidente da Coplacana, Arnaldo Bortoletto, esse apoio dos deputados é fundamental para sequência do movimento que pretende levar as reivindicações ainda este ano para Brasília.

“Com o lançamento dessa Frente nossa luta ganha ainda mais força. É ótimo saber que temos um deputado da nossa cidade, o Roberto Morais, vestindo nossa camisa. Em São Paulo, reunimos mais de 200 profissionais do setor de todas as regiões”, explicou Bortoletto.

O movimento também conta com o apoio de outros deputados estaduais e dos deputados federais Antonio Carlos de Mendes Thame (PSDB), Arnaldo Jardim (PPS) e Duarte Nogueira (PSDB).

Publicado dia 16/10/2013

Mais Notícias

VEJA TODAS