Artigos

Dia do Trabalho

Comemora-se mais um dia em homenagem ao trabalho, porém este com uma peculiaridade: trata-se da primeira alusão ao trabalhador deste terceiro milênio. As relações trabalhistas atravessaram os séculos passando por mudanças, metamorfisando-se sempre em busca de melhorias, muitas das quais são aguardadas com ansiedade até hoje.

A política trabalhista brasileira deixa muito a desejar, com fantasiosas conquistas de aumento de qualidade, como no que tange o reajuste do salário mínimo para R$180,00, fato que só faz envergonhar nosso país. Todavia, existem braços fortes que carregam os ideais trabalhistas adiante e jamais esmorecem até conquistarem mais uma batalha. Essa força advém do trabalho dos sindicatos, aos quais assistimos em incansáveis lutas, defendendo as causas trabalhistas, por mais Justiça, mais dignidade, mais humanidade nas relações.

A tradicional festa comemorativa ao dia do trabalho promovida pelo Sindicato dos Metalúrgicos de Piracicaba tem muita razão de ser, pois muitas são as vitórias que se encontram acumuladas na história decorrentes da vigorosa ação dos nossos sindicatos na intercessão pelos interesses da classe operária. Com pesar observamos que a visão imediatista para a solução dos problemas trabalhistas ainda se faz utópica na maioria das regiões brasileiras, assim como nos mais variados círculos sociais.

As dificuldades pelas quais passa o nosso país mediante o famigerado FMI (Fundo Monetário Internacional), o imperialismo norte-americano e às ações inescrupulosas do Poder Executivo Federal contra o trabalhador, quase conseguem desesperar um povo cuja principal bandeira sempre foi a esperança.

Será necessário mostrar-lhes todos os dias que nosso país foi construído com a força dos braços de nossos trabalhadores? Que o progresso, tão necessário para todos os cidadãos brasileiros, só será alcançado através do suor de seus rostos? Será mesmo necessário termos que lhes mostrar que os méritos são todos da classe trabalhadora? Que sem o esforço, luta e o suor dessa classe nada teríamos conseguido? Tais respostas encontram-se na cabeça de cada trabalhador aposentado, que olha à sua volta e que percebe a grandeza de sua contribuição ao observar seus descendentes colherem os frutos das sementes plantadas por mais essa vida brasileira dedicada ao trabalho.

Não resta dúvida de que exige-se um reconhecimento inigualável a imensa responsabilidade inerente à classe que constrói o nosso país, passando, por vezes, despercebida, escondendo-se em meio à correria cotidiana que freqüentemente nos cega às suas imagens, mas saltando-nos aos olhos quando observados com cuidado, representados por recepcionistas, advogados, garis, médicos, garçons, jornalistas, motoristas e tanto outros que sempre estão fazendo a sua parte para sustentar a qualidade de vida de todos.

Que esse Dia do Trabalho se torne mais um dia de reflexão para que saibamos, cada vez mais, reconhecer a importância e a força do trabalhador brasileiro na luta pelo progresso de todo o país. À todos os trabalhadores, com os merecidos sentimentos gratidão e respeito: Parabéns pelo seu dia!

* Roberto Morais é deputado estadual pelo PPS.

Publicado dia 22/10/2013

Mais Artigos

VEJA TODAS